quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Escrevendo uma nova história...


Giz 
(Legião Urbana)

E mesmo sem te ver
Acho até que estou indo bem
Só apareço, por assim dizer
Quando convém aparecer
Ou quando quero
Quando quero

Desenho toda a calçada
Acaba o giz, tem tijolo de construção
Eu rabisco o sol que a chuva apagou
Quero que saibas que me lembro
Queria até que pudesses me ver
És, parte ainda do que me faz forte
Pra ser honesto
Só um pouquinho infeliz

Mas tudo bem
Tudo bem, tudo bem...
Lá vem, lá vem, lá vem
De novo
Acho que estou gostando de alguém
E é de ti que não esquecerei....

Boa tarde querido amigos do blog, venho aqui com muita alegria para dividir com vocês minhas novas emoções, vou ser mamãe novamente!!! Estou com 13 semanas, muito feliz, mas confesso a vocês que com muito medo. Isso acho que vou ter o resto da vida, mas tenho que aprender a controla-lo. Já fiz duas ultrassonografias e até agora está tudo bem, minha pressão e meus exames estão ótimos, tenho muita fé que dessa vez vai ser diferente.
Posso dizer a mãezinhas de anjos que a dor pela perda da minha pequena Cecí aliviou muito com essa nova notícia, mas nunca vou esquece-la. As vezes me pego pensando se o bebê (ainda o chamo assim pois não sabemos se é menino ou menina), vai ser parecido com a mana, com aquele rostinho e com aqueles lindos cabelinhos louros dela. Claro que pensamentos de medo de perde-lo também acontecem, mas não quero passar meu minha insegurança para o bebê, por isso quando esses pensamentos surgem, eu me distraio com outras coisas, como no planejamento do seu quartinho, no meu trabalho. 
Esse dia dos pais foi um pouquinho diferente do ano passado. Naquele eu e meu marido choramos muito, neste foi um misto de saudade da pequena e alegria pelo maninho (a) que esta por vir. O papai até ganhou uma foto dos dois....
Gostaria que vocês mãezinhas de anjos que estiverem acompanhando o blog não percam as esperanças, nenhum outro filho substitui nossos anjos, mas podem nos preencher um espaço vazio no coração. Sejam eles biológicos ou de coração, uma criança é sempre uma benção!!!