sábado, 28 de dezembro de 2013

Fim de 2013... feliz 2014

"Adeus ano velho, feliz ano novo..." aaa como eu esperei pra cantar essa canção. O ano de 2013 foi um ano muito difícil, com muitas perdas, muitas tristezas. E não digo isso só por mim, minha cidade (Santa Maria) passou o ano praticamente de luto. Mais de 200 famílias perderam seus jovens no incêndio da boate Kiss. Minha família não não conhecia nenhuma vitima, mas choramos junto com os seus familiares já no primeiro mês de 2013... é JANEIRO foi um mês cinza por aqui. O fevereiro foi muito difícil, tristeza pelas ruas, pais ainda lutando pela vida de seus filhos nos hospitais e ainda mais jovens partindo para os braços de Deus. Neste mês de fevereiro passamos também em um hospital, minha amada vó (que adorava ser chamada de Mariquita) internou para um exame que resultou em complicações. Ôh FEVEREIRO... nem sabíamos o mais vinha por ai. Em MARÇO minha Mariquita nos deixou, quanta tristeza.... ela era o nosso SOL e nossa LUA. Não sabíamos como viver sem ela. Todos então pensaram na minha pequena que estava por vir... "temos ser fortes, a Cecília vai iluminar novamente essa casa", pois é, mas a história não foi bem assim. No inicio ABRIL tivemos um grande susto, minha pequena viria antes do tempo e no dia 11 de abril nasce minha maior preciosidade... Cecília, um anjinho que iria nos trazer novamente a alegria. E realmente trouxe, pena que foi por tão pouco tempo, apenas 19 dias. Neste mesmo mês nossa pequena decidiu ir ao encontro da bisa que tanto a amava. MAIO... pra ser bem sincera com vocês, nem sei como foi, não sei como sobrevivi naquele mês, estava fora de mim, pensava estar vivendo em um pesadelo que logo iria acordar. JUNHO perdemos nosso cachorrinho o Pudim, AGOSTO perdemos nossa égua a NEGRINHA. Nesse meio tempo ganhamos do meu pai uma cachorrinha para nos fazer companhia... a Florzinha. Uma cadelinha amável, carinhosa e que realmente nos trouxe um pouquinho de alegria, porém a Florzinha também nos deixou em NOVEMBRO.
Nesse tempo todo, lutei contra insônia, tristeza, raiva, revolta e o principal... o medo. Medo de perder algo novamente. Sempre que pensava: agora não falta nos acontecer mais nada! Lá vinha mais uma. Ah 2013... um ano para ser esquecido, se é que isso é possível!!!!
Porém como dizia minha vó: "tudo depende de que angulo você olha". Neste mês de DEZEMBRO tentei ser otimista e ver as coisas boas que me aconteceram... coisas boas???? Sim... coisas boas.
Percebi como tenho amigos e diga-se de passagem...bons amigos. Minha pequena teve que nascer em outra cidade e fomos amorosamente acolhidos por amigos que enfrentaram toda essa luta conosco. A " tia Carla e o tio Guilherme" acompanharam os dias da minha Cecí como se fossem realmente tios de sangue dela. Vibravam com a gente e cada grama que ela engordava. Fora nós, os pais, foram os que mais visitaram nossa pequena. Verdadeiros irmãos durante aqueles maravilhosos e angustiantes 19 dias. Choraram conosco quando ela partiu, nos acompanharam nos momentos mais difíceis.. certidão de óbito e enterro. Pessoas viajaram quilômetros para ver a pequena Cecí... o vovô João, a dinda Tici e o dindo Andrey, mesmo os que não conseguiram ver a pequena viajaram para nos apoiar, a tia Shana e a tia Gi. Não posso esquecer as mensagens pelo Face e todas as orações dedicadas a nós... realmente sentíamos todo esse amor e carinho. E nessa parte já nem posso citar nos nomes pois foram tantos. O apoio que tive dos colegas de trabalho, tantas pessoas, amigos, familiares que nos apoiaram tanto pela internet e mesmo quando voltamos a Santa Maria. Queria que meus amigos soubessem que moram no meu coração. Obrigada por todas as mensagens, recados e ligações que recebemos neste ano e me perdoem se ainda não retribuí, não fui visita-los, posso dizer que ainda estou me recuperando, mas nunca vou esquecer o que vocês fizeram e fazem por nós.
Também não posso esquecer minha mãe, amiga e companheira. Dividi e ainda divido com ela toda a minha dor e sei que ela, infelizmente, a sente. No meu desespero ela me disse uma frase que eu nunca vou esquecer: "Filha, eu sinto em dobro tudo o que tu está sentindo, pois perdi minha mãe minha neta e estou vendo minha filha sofrer." Mãe quero  que tu saiba que não sei como enfrentaria tudo isso sem você. Meu desejo sempre foi ser pra Cecília ao menos um terço do que você foi e é pra mim. Acho que dei o meu melhor pra minha pequena no tempo que pude e se fiz isso é porque tive a melhor mãe do mundo que me ensinou o que é amar.
Também notei outra coisa boa nesse ano... meu marido. Não que eu eu não soubesse disso antes, mas é nessas horas que percebemos como as pessoas são maravilhosas do seu jeito de ser. O Alisson foi o melhor pai que eu conheci. Nunca saia de perto da pequena Cecí, era o único pai da UTI que estava com ela sempre no colo. Me tranquilizava nos meus momentos de insegurança na hora de deixa-la nos hospital, mesmo ele também estando inseguro. Me consolava quando nossa pequena partiu, mesmo querendo no fundo chorar e gritar mais alto que qualquer um. Ah meu marido, meu amigo, meu companheiro... sempre pronto pra me escutar quando eu queria desabafar, quando queria chorar ou quando queria apenas ficar sozinha. Descobri que escolhi o melhor pai para meus filhos e o melhor marido do mundo. Obrigada pela filha linda que tu me deste e pelo amor que me conforta tanto.
Depois desse ano percebi que "a vida é mesmo coisa muito frágil, uma bobagem uma irrelevância, diante da eternidade e do amor de quem se ama" (Nando Reis).  No sentido literal da frase.
Percebi que este ano me tirou muita coisa, mas me deu a chance de olhar para os lados e perceber como fui abençoada por ter tido a melhor vó do mundo, por ter minha filha nos braços, mesmo que por pouco tempo, mas suficiente para ser inesquecível. Por ter os amigos que tenho, a família que tenho, a mãe maravilhosa que Deus me concedeu e por ele também ter posto meu marido no meu caminho. Tudo isso foi e ainda está sendo muito difícil, mas seria quase impossível de sem eles.
Que 2014 nos mostre mais, nos faça crer, ter mais fé no mundo e nas pessoas, acreditar que realmente tudo pode ter um lado bom.
Que 2014 nos traga amor... muito amor, pois o resto passa, acaba, só o amor permanece perante toda a eternidade! Te amo eternamente minha pequena Cecí!

Obrigada a todos vocês que fizeram parte a minha vida este ano.
Feliz 2014


quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Apoio aos pais que perderam seus filhos


Queridos amigos... me emocionei muito ao assistir esse vídeo. É de uma sinceridade e verdade profunda.
 "Quem perdeu um filho tem a alma amputada". Essa frase descreve exatamente o que sentimos, mas ela ainda cita outra: "não desista de viver, olhe para os lados e perceba que ainda há vida nos que te amam". Texto lindo... vale a pena ler!

http://www.youtube.com/watch?v=whQiDUVgEL4


A mamãe sempre vai te amar minha anjinha linda e não esquece de cuidar da Florzinha, nossa cadelinha que tanto nos consolou qd você partiu, pois agora ela decidiu ficar com você.
Amo vocês minhas lindas!!!!

sábado, 14 de dezembro de 2013



Recado para mamãe de anjo:

Mamãe tenho visto suas lágrimas e me entristeço de te ver assim. 
Você não sabe que o Papai do Céu tem cuidado de mim? 
Eu sei que você queria muito que eu estivesse juntinho de você, eu também gostaria de receber seus carinhos, seus beijinhos o seu amor. Se eu estivesse aí mamãe eu não seria uma criancinha normal como você imagina, pois a minha saúde não era perfeita, eu iria lhe causar muita tristeza, pois eu seria muito doentinho(a), você não teria tempo para mais nada, nem mesmo para se alimentar direito. Eu iria ficar mais tempo internado(a) no hospital do que em casa. Os médicos iriam encher meu corpinho de picadas de agulha, meus olhinhos iriam derramar muitas lágrimas de dor. 
Papai do céu me ama muito, pois Ele me fez a sua imagem e semelhança Ele não queria me ver sofrer assim, por isto Deus me levou para morar com Ele. No céu mamãe não tem choro, não tem tristeza não tem dor. Você não seria tão egoísta a ponto de querer que eu estivesse ao seu lado mesmo sofrendo, seria? Acredito que não, não é mesmo mamãe? 
Eu estou muito feliz aqui, os anjinhos do céu brincam o tempo todo comigo, existe um grande jardim com flores de todas as cores que exala o mais delicioso perfume. Estou enviando um anjinho da guarda para confortar seu coração, ele vai te acompanhar até que você esteja melhor. Mamãe eu quero ver você sorrindo novamente, a minha ausência não é o fim, é apenas um breve intervalo. Um dia a gente vai se encontrar, eu vou poder te abraçar e seremos muito felizes, eu, você e o papai na eternidade. Você não pode morrer junto comigo, se assim fosse o papai do céu teria levado você também, se Ele te deixou na terra é para você continuar vivendo, fazendo planos, e quem sabe arrumar outro irmãozinho ou irmãzinha pra mim. 
A vida é tão linda mamãe, olhe ao seu lado e veja tudo de bom que o papai do céu fez para você: 
• Fez o sol para te aquecer; 
• Fez as flores para perfumar o seu jardim; 
• Fez as borboletas para enfeitar a natureza; 
• Fez a chuva para derramar gotas de alegria sobre a terra; 
• Fez a semente para germinar esperança no seu coração; 
• Fez os pássaros para voar como os anjos no céu; 
• Fez as estrelas para iluminar a sua noite; 
• Fez o arco-íris com todas as cores para dar mais cor a sua vida; 
Todas estas coisas somente Deus pode fazer, e somente Ele pode devolver para você a alegria de viver novamente, basta você acreditar que Ele existe. Deus é amor mamãe Ele só quer o seu bem e o meu também. Não pense que Deus te abandonou, que Ele não ouviu suas orações, Ele ouviu sim, mas Ele te poupou de uma dor ainda maior, a dor de ver seu próprio filho sofrendo. 
Deus te ama mamãe, com o tempo você vai se conformar e vai lembrar-se de mim não com tristeza, mas com saudades. 
Até logo mamãe, eu te amo e sempre te amarei. 
Não chore mais.


Vou tentar chorar menos e sorrir mais por ti minha pequena... te amoo

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Que venha 2014 logo!!!!


O que podemos dizer do Natal e do fim deste ano.... posso dizer que sempre fui uma pessoa que amou o Natal. Sempre eu quem arrumava a ceia, a árvore, os presentes, mas vou confessar que este ano esta sendo bem difícil pensar em fazer isso. Decidi que ia fazer, mas depois desanimei, pois pensava como ter vontade de fazer isso sem minha princesinha... tudo ficou tão "cinza". Ai meu marido percebeu meu desânimo e um dia quando cheguei em casa la estava a árvore de Natal com luzinhas brilhantes. Decidi rever meus conceitos e TENTAR. Não sei como vai ser, não sei o que vou sentir, não sei se vou chorar, mas só vou saber se tentar. As opções não são muitas, ou eu tento ficar bem e aproveitar o amor com minha família ou eu me tranco no quarto e choro a noite inteira.... a primeira opção me pareceu melhor não é?!
Já a virada de ano espero com muita esperança. Esperança de um ano melhor, esperança de esquecer tudo o que nos aconteceu (só não da minha pequena é claro), esperança que um dia a dor alivie e eu consiga lembrar de tudo isso só como um sonho bom... um sonho no qual conheci um anjo, o mais lindo de todos, que me trouxe a dor de sua partida, mas me deixou o AMOR MAIOR DO MUNDO.
Outra pessoa que este ano me roubou foi minha avó amada. A pessoa mais alegre que eu conheci, minha vó, minha mãe, minha amiga... quantas saudades. Mas espero que ela esteja la no céu cuidando da minha pequena e lhe ensinando tudo o que me ensinou. Essa minha "véinha" era uma escritora maravilhosa e depois que elas partiram eu encontrei em meio às suas dezenas de cadernos uma carta que ela deixou para nós (eu e meu marido). Uma carta que ela escreveu em dezembro de 2010, mas que nunca nos entregou. Agora entendo o porque. Não iriamos entender naquela época o verdadeiro significado de suas palavras. Depois de tudo que nos ocorreu, aquela carta lida na hora certa, nos mostrou que anjos da guarda e amigos superiores existem, nos auxiliam e nos confortam através de coisas que nem imaginamos. 
Esta é a carta: 
Monique e Alisson
Alguém afirmou isso: que amar é estar em comunhão consigo mesmo, com seus projetos pessoais com a humanidade, com o universo e com Deus. Verdadeiramente Deus é um Deus de vitórias e alegrias, quando ele manda as coisas acontecem. Portanto amados sejam felizes e deixem que o riso e a alegria tomem conta de vocês fazendo-os alegres e felizes.
Monique e Alisson estendam seus sorrisos pelos caminhos de suas vidas no dia a dia tornando-os alegres e perfumados.
Este recado é para ti Monique: vá firme na direção de suas metas porque o pensamento cria, o desejo atrai e a fé realiza.
Este é para ti Alisson: não fuja de si mesmo, seria o maior erro. Ai dentro de ti estão as coisas mais lindas da vida, pelas quais vale a pena viver.
Para encerrar deixo essa mensagem de alguém que sentia a vida como um lindo jardim:
“Ponham flores nos seus corações. Ponham muito sol no seu jardim interior e vocês sentirão que a primavera desabrochará também em suas vidas.”
Beijos da vó que os abençoa em nome de Jesus

Glecy-paz    
25/12/2010

Incrível né? Parecia que ela sabia que um dia essa carta iria cair em nossas mãos e no exato momento em que mais sentiriamos sua falta para nos consolar. 
Muitas saudades das minha duas "gringuinhas" amadas... que vocês estejam bem e ao lado do nosso pai. Essa é a única foto que tenho com as duas juntas... Cecí na barriga e minha véinha. 

Vó e Cecí... AMO VOCÊS PRA SEMPRE!!!!