sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

... e levo esse sorriso pq já chorei demais!!



Ando devagar porque já tive pressa 
E levo esse sorriso porque já chorei demais 
Cada um de nós compõe a sua história, 
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
de ser feliz.... (Almir Sater)

Essa letra resume exatamente a minha vida nesse momento. Pois é mães e pais de anjos, nossos arcanjos nos ensinaram a ver a vida de outro modo. No inicio um modo duro e sofrido, mas depois um modo manso e sereno. 
Novos caminhos acontecem, novas possibilidades, novas oportunidades. E não falo isoladamente de um novo filho, falo de novos sonhos, novos planos, novas viagens, novos amores, nova vida... VIDA NOVA!
Eles sempre serão eternos, nunca esquecidos e muito amados, mas nossa vida terrena precisa continuar, seguir em frente e quanto mais bela e feliz... melhor. 
E o medo...? Às vezes ele pensa em retornar e me atormentar, mas eu agradeço a Deus pelos dias atuais e ele vai embora. 
O segredo...? Força, fé e coragem (já dizia minha querida vó Guiga). 
Fiquem com DEUS


terça-feira, 18 de agosto de 2015

A saudade será eterna...


Nos últimos dias tenho pensado bastante na minha princesinha. Vejo o seu mano crescer e fico imaginando se ela estivesse aqui. Cada sorriso dele imagino o dela... 
Mas como disse na última postagem a vida continua. Hoje o medo gradativamente vai se tronando "natural", sem exageros, medo normal de toda a mãe. Ter o Gabriel foi uma benção de Deus, que me realizou como pessoa e me fez perceber que no coração de mãe tem espaço pra todos seus filhos, nem mais pra um nem menos pra outro. Amor igual até pra os que se tornaram anjos.
Sei que muitos pais que leem o blog não podem ou não querem mais se aventurar em uma nova gestação, mas acho que todos precisam ter um novo sentido pra vida. Sabe aquele lema: plantar uma arvore, escrever um livro e ter um filho... pois é, acredito que temos que remodelar nossa vida após uma perda tão grande como a de um filho. Fazer novos planos!
Não podemos querer a vida que levávamos antigamente, até porque ela NUNCA mais será a mesma. Ela no inicio será um pesadelo, mas com o tempo se você souber remodelar sua vida ela tende a ficar mais leve e tudo se torna diferente. O diferente que digo é sabe quando tomamos um sorvete de chocolate na rua em um dia de muito calor? Quando caminhamos apenas para observar as flores e pássaros que passam no nosso caminho? Quando sentimos aquele cheiro do perfume de nossa mãe que nos remete a infância?  
Coisas que com o passar do tempo paramos de fazer, sentir ou observar. Nos tornamos como pedras fixas nos nossos compromissos do dia a dia. Uma fatalidade como a perda de um filho pode nos fazer enxergar e sentir coisas que a maioria das pessoas nem lembra. E são coisas boas!
Nem tudo ficará pra sempre ruim, nem tudo será pra sempre um pesadelo! Os 19 dias que estive com minha filha na UTI de pesadelo agora se transforam em um sonho, um sonho lindo que conheci um anjo.
Vejo muitas mães ao meu redor com filhos pequenos e percebo que eu aproveito e curto meu pequeno Gabriel com uma intensidade muito maior. Não digo que eu ame mais que elas, claro que não, mas como eu conheço a ausência de um filho sinto que meus segundos ao lado dele são melhor aproveitados, com mais paciência, mais dedicação. Quero ensinar pra ele valores diferentes do que tinha em mente pra Cecília, coisas que aprendi com ela e com a ausência dela. 
Gosto de pensar que Deus me deu a oportunidade de ser uma pessoa melhor e tentar tornar tudo a minha volta melhor. É isso que quero passar ao meu filho... que gentileza gera gentileza, que dinheiro não vale a felicidade, que temos que valorizar e aproveitar cada segundo com quem se ama, que a paciência é difícil mas recompensadora e que não há momento ruim que não acabe...
Fiquem com Deus


As fotos de cima são do meu príncipe e as de baixo da minha princesa. Meus amores para essa e outras vidas! 

sábado, 23 de maio de 2015

e a vida continua...


Oi queridos pais de anjos... desculpa a ausência, mas o Gabriel ocupa 24 horas do meu dia :P.
Muitas coisas já ocorreram, muitos choros de preocupação, muitos sorrisos de puro amor.
As preocupações normais de mãe... se ele esta dormindo bem, se esta respirando, quando se afoga, quando espirra. Mas uma realmente tirou nosso sono, um procedimento cirúrgico. Sim, o Gabriel com apenas 1 mês e 17 dias foi internado em um bloco cirúrgico pra redução de hernia inguinal. Foi muito assustador tanto na hora do procedimento como após na noite em que passamos na UTI pediátrica. Um filme passou em minha mente, todos aqueles equipamentos de UTI, os mesmos sons, o mesmo cheiro de hospital. Foi uma noite de recordações e muitas orações. O medo de passar por tudo de novo afetou completamente nossa vida naquele dia, mas dessa vez ocorreu tudo certo. Nós saímos da UTI no dia seguinte com o Gabriel perfeitamente recuperado. Acho que isso ocorreu para que esse "pânico" de hospital em especial de UTI fosse amenizado.
Agora nossa vida é uma total festa, cada dia uma novidade, cada sorriso dele, cada choro, cada mania nova, tudo muito gostoso. Acredito que minha anjinha Cecília nos abençoa todos os dias.
Olho pra ele agora com quase 4 meses e muitas vezes penso nela, mas de uma forma linda, sem dor apenas muito amor, saudade e um sentimento de dever cumprido.
Acreditem queridos pai de anjos... é possível ser feliz após entregarmos um anjo a Deus.
Estamos muito felizes e espero que escutar de vocês também suas histórias felizes.
A fé é a chave pra todas as dores, nem sempre é fácil, mas é recompensadora.
Fiquem com Deus

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Presente de DEUS



Queridos amigos e pais de anjos, venho para contar que meu príncipe Gabriel nasceu, lindo e saudável.
Apesar de todos os medos e angústias da gravidez deu tudo certo, Deus me abençoou com um novo anjo que desta vez tenho certeza ficará comigo por muitos anos.
Ele é muito tranquilo e tem muitas coisas parecido com a mana Cecília. Tenho certeza que ela nos abençoa onde estiver.
Por isso amigas, não percam as esperanças, a fé move montanhas. Meu coração voltou a sorrir se é que isso é possível.
A saudade agora é um sentimento sereno e cada vez que olho pro Gabriel percebo que tudo valeu a pena. A Cecília foi um aprendizado em nossas vidas, me tornou mais forte, mais corajosa e ao mesmo tempo mais humana, menos egoísta e mais compreensiva.
Meus dois filhos são minha fonte de energia, minha luz, meu caminho e minha vida
Fiquem com Deus

sábado, 24 de janeiro de 2015

Gabriel à caminho


 Enfim estou vindo a vocês informar a dada da chegada do Gabriel... meu 2º amor eterno. Ele chega no dia 6 de fevereiro se tudo der certo. 
Essa gestação foi completamente diferente, muito mais tranquila, sem enjoos exagerados, nem dor nas costas, nem pressão alta. Minha saúde e a dele estão em perfeitas condições conforme os médicos. 
Claro que nessa gestação inteira o medo foi meu companheiro sem convite, cada US, cada visita ao obstetra, cada hora sem sentir a mexidinha dele eram uma tortura pra mim e ainda são. Acho que isso só vai passar quando trouxer meu pequeno pra casa. Mas posso dizer que tudo esta valendo a pena... meu amor só aumenta.
Só precisei tomar AAS atá agora e as vitaminas, tudo parece um sonho que tenho até medo de acordar.
A próxima postagem espero estar mostrando a vocês meu príncipe e mostrando também que apesar de tudo que passamos podemos ser felizes novamente, com um pedacinho do coração faltando, mas com o restante repleto de AMOR.
Beijos 

domingo, 28 de dezembro de 2014

Feliz Natal


"Coisas ruins acontecem ás vezes com as pessoas boas, não existe um motivo porque as coisas acontecem, elas só acontecem. A dor vai embora e no tempo certo será substituída pelas lembranças do passado. Você esquecerá a dor e começará a lembrar da alegria que ele trouxe pra sua vida"

"Nós, por alguma razão, achamos difícil, nos desprender do passado, não estou dizendo que não há espaço para lembranças, o que estou dizendo é que não se pode viver o hoje no passado, se não o seu futuro será exatamente igual ao ontem. Também não se pode viver só no futuro, se não o hoje apenas passa por você, o único modo de realmente ser feliz é se contentar com o presente.
Conecte-se com o momento"
Menino de ouro

Queridos pais de anjos, sei que essas datas comemorativas como Natal e Ano novo são realmente mito difíceis para nós. Muita saudade, muita lembrança do que foi vivido e do que poderia ter sido vivido... tudo com muita dor.
Essa semana vi esse filme que citei nos trechos acima, lindo, realmente inspirador. E percebi que o que o garoto fala no filme realmente é verdade. Minha dor foi embora, sinto saudade da minha pequena Cecí, penso todos os dias como seria se ela estivesse aqui, mas sem dor, apenas com saudade. Eu não acreditava que essa dor iria passar algum dia, algumas pessoas me diziam isso e eu pensava... como vai passar, impossível. Pois é amigos, mas é verdade, ela alivia. 
Segredo para isso? Uma fórmula mágica? ... O tempo, aceitação e fé.
O pior momento pra mim era acordar, sentia um aperto no peito que com o passar do dia aliviava. Agora acordo e sinto uma paz que a 2 anos não lembrava como era... sei que isso vai acontecer com todos vocês.
Acreditem num futuro melhor, num 2015 com muitas renovações e principalmente muito amor. Nossos anjos estarão sempre nos vigiando e torcendo para nos ver felizes novamente.
Um feliz Natal e um 2015 com muito amor e fé

domingo, 21 de dezembro de 2014

Vencendo os traumas


Oi queridos pais de anjos e amigos, venho aqui pra contar pra vocês mais um trauma vencido...
Na gravidez da minha anjinha Cecília não pude curtir o chá de bebê que ja estava todo organizado, ela nasceu 4 dias antes. Confesso que cada vez que escutava a palavra chá de bebê tremia dos pés a cabeça. No chá da minha primeira irmã que teve bebê depois que a ceci virou anjinho não consegui ir, era tudo muito recente. No da minha segunda irmã que teve bebê fui, não chorei e ainda organizei tudo, mas com o coração apertado.
Quando engravidei do Gabriel tinha muito medo de pensar no chá, minha sobrinha, minha irmã e uma amiga me cobravam muito isso... que eu tinha que fazer, que dessa vez ia ser diferente e confesso que se não fosse elas não sei se teria coragem sozinha pra organizar tudo. Enfim o chá começou a ser organizado, mas com meu coração na mão. Dias antes só pensava se conseguiria esta la e bem para aproveitar.
Agora posso dizer que o chá foi um sucesso... estava tudo lindo graças a minhas duas queridas amigas Mila e Tici que além de organizar tudo me apoiaram e me incentivaram a crer que meu Gabriel merecia tanto quanto a Cecí. Obrigada meninas!!!
Minha gestação esta perfeita, pressão normal, ele com peso e tamanho normal, parece um sonho...
Penso sempre se minha pequena estivesse aqui pra ver a preparação pra chegada do mano, mas sei que ela deve estar orgulhosa da mamãe e do papai que a cada dia vencem mais um medo.
Tenham fé mãezinhas, sei que Deus vai sempre olhar por nós e nos dar uma nova oportunidade de ser feliz!!!
Beijos no coração de todas